More

    REVIEW – Mullet MadJack é viciante e um dos melhores jogos BR

    Lançado em 15 de maio para PC, Mullet MadJack é um jogo arcade de tiro em primeira pessoa com mecânicas de roguelite e uma experiência baseada em speedrun. O game é a estreia do estúdio Hammer95 e o primeiro da Epopeia Games como publisher.

    Nesse boomer shooter a história se passa em 2090, período em que a Inteligência Artificial dominou nosso planeta, enquanto humanos e a internet se fundiram e agora são a segunda criatura mais inteligente, atrás dos robôs baseados em IA.

    Você controla o personagem que dá nome ao jogo e está em uma missão para salvar a princesa da sua era futurística: uma influenciadora com bilhões de seguidores. Ela foi sequestrada e levada para um prédio com 10 andares.

    A jornada consiste em matar todos os robôs super ricos conhecidos como robilionários. O problema é que a raça humana fundida com a internet é capaz de viver apenas 10 segundos por ser dependente de dopamina.

    Então você precisa matar todos os robôs no seu caminho para renovar constantemente essa substância em seu sangue, ao mesmo tempo em que sua aventura é controlada por uma empresa malvada e transmitida por streaming a seus seguidores.

    Nunca foi tão verdade o clichê é matar ou morrer como em Mullet MadJack. Confira a seguir o review do jogo para PC.

    Análise de Mullet MadJack

    Mullet MadJack foi uma ótima surpresa que pudemos conferir em primeira mão na BGS 2023. Desde então, o jogo permaneceu no nosso radar e a expectativa para jogar a versão completa era alta. Felizmente a espera valeu a pena e a expectativa não só foi alcançada, como foi superada.

    O game é uma experiência diferenciada que mistura boomer shooters clássicos (como Duke Nukem), visual novel anime anos 1990 e elementos roguelite para criar uma gameplay frenética, desafiadora e que se renova constantemente.

    Mullet MadJack é um jogo único no gênero first person shooter (FPS). A experiência extremamente positiva e viciante começa pelos recursos de acessibilidade: há diversos níveis de dificuldades, que vão desde o mais fácil cujo foco é conhecer a história, até o mais difícil em que a morte é permanente.

    A jornada do herói de mullets totalmente dependente de dopamina envolve subir 10 andares matando todos os robôs que ver pela frente. Cada andar possui 10 fases e, se você morrer, retorna para a fase inicial daquele andar.

    Ao final de cada sequência de 10 fases há um chefe que quebra o ritmo alucinante com uma proposta bem diferente da gameplay tradicional. Essa mudança é muito bem feita, pois é sempre surpreendente e bem-humorada, graças ao humor ácido e ativista de Mullet MadJack.

    Além disso, a quebra do ritmo acontece por meio de um combate totalmente diferente, tendo espaço até mesmo para um inesperado RPG por turnos em um boss.

    A renovação constante em Mullet MadJack também se deve aos elementos roguelite e às rodadas sempre diferentes umas das outras, graças às fases geradas proceduralmente. Essa combinação é o principal elemento que torna o jogo tão viciante.

    Claro, há também outros importantes acertos que aumentam ainda mais a vontade de ficar horas e horas na frente do computador. Por exemplo, os mais de 50 power-ups que dão armas, aumentam o nível dos armamentos e fornecem habilidades passivas. Algumas técnicas são exclusivas da arma que você estiver usando.

    Conforme você sobe os andares os recursos vão se aprimorando, inclusive podendo manter alguma melhoria ao renascer. Em contrapartida, obviamente os inimigos vão ficando cada vez mais diversos e desafiadores.

    Mas não só os robilionários ficam mais difíceis, como também os cenários procedurais se tornam mais complexos. Há fases com obstáculos como ácido, lava, lasers e precipícios.

    Mullet Mad Jack é um FPS frenético inspirado em animes dos anos 90 e uma visão futurista. O jogo é um dos melhores de 2024 e também de todos os tempos da indústria brasileira
    Créditos: Epopeia Games / Divulgação

    Os precipícios são os elementos mais desafiadores, pois como a gameplay é muito rápida, há determinados pontos que se torna muito difícil correr contra o tempo, ganhar mais dopamina, acelerar o seu personagem e ainda se movimentar corretamente para pousar sem cair num buraco, morrer e voltar do começo do andar.

    Mullet MadJack ainda possui o modo infinito que consiste em jogar fases que misturam elementos e inimigos de todos os andares do modo história. A gameplay é infinita, literalmente, e você recomeça toda a run ao morrer.

    Ode ao passado, sátira de um futuro possível

    A visual novel anime, as falas provocantes, a entonação máscula do herói viril e frases de efeito saíram diretamente da década de 1990. Isso tudo está “embalado” em uma experiência cheia de sátiras a um futuro possível envolvendo bilionários e robôs baseados em IA que podem dominar tudo e passar a raça humana para trás.

    O futuro imaginado por Mullet MadJack não é de todo absurdo, pois a questão da dopamina e a idolatria a influenciadores vazios podem pavimentar que a narrativa se consolide, especialmente porque o entretenimento disfarçado de escravidão (ou a escravidão disfarçada de entretenimento) é muito do que existe hoje e ocupa espaço para que bilionários mandem e desmandem em diversos temas importantes, especialmente relacionados ao uso de IA.

    A trilha sonora eletrônica também é uma mescla perfeita entre o que bombava nos anos 1990 e uma vibe um tanto futurista, por vezes um tanto pesada. Combinou perfeitamente com toda a experiência diferenciada do jogo!

    A volta ao passado também se aproveita da nostalgia de jogar games vindos em CD-ROM e traz um unboxing virtual muito bem humorado. Você pode abrir uma caixa digital com a mídia física de Mullet MadJack, ler o manual do game, conhecer os adversários, entender os comandos e ter o background dos personagens em uma experiência “imersiva” e divertida.

    Se você sente falta de mídias físicas que vinham com CD e encarte, seus problemas acabaram. Ou quase isso…

    Veredito

    Mullet MadJack é um FPS noventista frenético, tecnicamente perfeito e extremamente viciante. Sua experiência única tem potencial para colocar o game entre os melhores jogos brasileiros já feitos e como candidato às mais importantes premiações da indústria em 2024.

    Se você curte boomer shooter, anime ou tem paixões por jogos independentes, tenho certeza que você vai jogar e terminar o ano tendo Mullet MadJack no seu Top 3 de jogos favoritos.

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Assista ao trailer de Mullet MadJack:

    Ficha técnica de Mullet MadJack

    Lançamento: 15 de maio de 2024

    Desenvolvido por: Hammer95

    Publicado por: Epopeia Games

    Plataforma: PC via Steam

    Número de jogadores: 1

    Gêneros: Ação, Arcade, Roguelite, Tiro em Primeira Pessoa

    Idiomas: Português (Brasil), Inglês, Japonês, Espanhol (Espanha), Russo, Coreano, Polonês, Chinês simplificado, Chinês tradicional, Espanhol (América Latina), Ucraniano

    Preço: R$ 49,95

    spot_img

    Artigos relacionados